Institucional

Dezembro vermelho – mês de conscientização sobre a Aids e as dsts

Dezembro Vermelho aids
O Dezembro Vermelho é o mês de conscientização sobre a Aids, vamos conversar isso?

O que é o Dezembro Vermelho?

A Campanha Dezembro Vermelho tem por objetivo alertar sobre as medidas de prevenção, assistência e proteção e promoção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV.

Entre as ações desejadas para o mês estão as rodas de conversa sobre o HIVcom especialistas nos postos de saúde, que orientarão e esclarecerão dúvidas da população sobre os métodos de prevenção e tratamento.

O que é a Aids?

A AIDS, sigla em inglês para a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Acquired Immunodeficiency Syndrome), é uma doença que afeta o sistema imunológico humano, resultante da infecção pelo vírus HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana – da sigla em inglês).

Este ano, por exemplo, mais de 4 mil unidades de saúde participam da campanha, que engloba testes gratuitos e ações extramuros em parceria com outras entidades, como ONGs locais. Ou seja, são muitas atividades que visam conscientizar a população. E você, já fez o teste?

Quais os Sintomas da Aids?

Os principais sintomas da Aids são:

  • Febre,
  • Aparecimento de gânglios,
  • Crescimento do baço e do fígado,
  • Alterações elétricas do coração e/ou inflamação das meninges nos casos graves.

Na fase aguda, os sintomas duram de três a oito semanas.

Na crônica, os sintomas estão relacionados a distúrbios no coração e/ou no esôfago e no intestino.

Cerca de 70% dos portadores permanece de duas a três décadas na chamada forma assintomática ou indeterminada da doença.

A Aids ainda não tem cura

A Aidsé uma doença infecciosa, sem cura, transmitida pelo vírus HIV.

No mundo há 36,7 milhões de pessoas vivendo com o vírus HIV e mais da metade delas (53%) está em tratamento.

A boa notícia é que, em decorrência das medidas tomadas em relação ao diagnóstico, tratamento e controle da carga viral, a partir de 2005 as mortes caíram pela metade. Os dados são do Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV e Aids).

O que fazer para se prevenir à Aids?

Segundo dados da FioCruz, para evitar a transmissão da Aids, recomenda-se:

  • O uso de preservativo durante as relações sexuais;
  • A utilização de seringas e agulhas descartáveis;
  • O uso de luvas para manipular feridas e líquidos corporais;
  • Testar previamente o sangue e hemoderivados para transfusão.

Crescimento dos casos de Aids no Brasil

Dezembro vermelho aids no Brasil

O Brasil é responsável por 49% das novas infecções. São mais de 40 mil novos casos por ano (48 mil em 2016) ou um caso a cada 15 minutos. Estima-se que 112 mil pessoas tem o vírus HIV e não sabem. Esse último dado demonstra a importância de as pessoas fazerem o diagnóstico sempre que passarem por situações de risco, como sexo sem proteção.

Entretanto, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde, do Ministério da Saúde e do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), a cada 15 minutos uma pessoa se infecta com o vírus no Brasil e sete pessoas morrem por dia em São Paulo.

Jovens e idosos são os mais afetados pela Aids

Aos fatos aids e ists
Fonte: aosfatos.org

Um fato alarmante é o aumento do número de jovens na faixa dos 15 aos 24 anos que contraíram o vírus HIV. Segundo o Unaids, 35% das 4.500 novas infecções ocorrem nessa faixa etária, o que corresponde a cerca de um em cada três casos.

Nos idosos o contágio aumentou em 40%, o que revela uma vida sexual mais ativa de pessoas acima dos 50 anos, que não estão tomando os cuidados preventivos necessários.

A IzyMob apoia as ações do Dezembro Vermelho na conscientização e prevenção à Aids e as ISTs.

Avalie esse post:

Classificação 5 / 5. Votos: 1

Newsletter

Confira