Dicas

10 coisas que você precisa saber para decorar um apartamento pequeno.

Apartamento Pequeno
Apartamentos pequenos são um verdadeiro luxo se arrumados da maneira correta!

Um apartamento pequeno tem muitas vantagens: o aluguel costuma ser mais barato, próximo às áreas urbanas, praticidade para quem tem um cotidiano agitado, além de ser muito charmoso.

Entretanto, muitas pessoas acabam ficando descontentes com seus quitinetes apenas por não saberem arrumá-lo adequadamente.

Há duas dinâmicas de organização de espaços: uma para espaços maiores que compreendem móveis grandes, aparadores, cantoneiras entre outros detalhes e há os espaços reduzidos que compreendem móveis embutidos, prateleiras, nichos e uma arrumação clean.

Você pode aliar a funcionalidade com o design – sem problemas. O mais importante é deixar seu imóvel com a sua identidade, com equilíbrio sem abrir mão do aconchego fundamental no seu lar doce lar.

Escolher os itens que traduzam sua personalidade é um fator inicial para começar a decorar seu apartamento pequeno.

Com essas dicas você verá como viver num apartamento pequeno pode ser uma grande ideia!

Leia também: Como a Izymob valoriza o seu imóvel através dos anúncios?

1. Delinear cuidadosamente áreas separadas

Quarto clean- apartamento pequeno

Um dos grandes desafios de quem mora num apartamento pequeno é delinear as áreas. A falta de definição do espaço pode fazer com que o cenário fique confuso.

Dê para cada área um propósito específico. Coloque prateleiras e ganchos para casacos e sapatos perto da porta do quarto para completar a sua entrada.

O problema da sala pequena é facilmente resolvido com um balcão entre a cozinha e a mesa de jantar para dispor os pratos e servir de maneira mais prática.

Use a abuse de elementos como hobbies, por exemplo: se você pratica surf você pode usar sua prancha como objeto decorativo presa à parede, da mesma feita, se você pratica algum instrumento musical.

Objetos dispostos pelos cantos do apartamento proporcionam um distanciamento no olhar e uma sensação de espaço maior, porque você deslocou a atenção para outro ponto.

2. Investir em móveis de uso duplo

Aproveite ao máximo o seu espaço investindo em peças de mobiliário que farão dupla função.

Os quartos são perfeitos para ter móveis polivalentes. Um sofá cama pode ser a melhor alternativa para dormir ou assistir TV, um pufe oco pode servir para guardar capas de almofadas ou capas de sofá.

Racks baixos podem ser excelentes mesas de apoio, especialmente para quem trabalha home-office.

Porém, certifique-se de selecionar peças de tamanho adequado ao seu espaço. Opte por modelos slim, finos e delicados – os modelos superestofados tornam sua área de estar ainda menor.

3. Repense os espaços não-utilizados

Observe os “espaços mortos” de seu apartamento, nos cantos não utilizados e nas paredes em branco.

Em seguida, tente pensar em maneiras de usar esses espaços a seu favor. Você pode transforme um grande parapeito de janela em uma área de trabalho para quando precisar levar negócios para casa durante a noite.

Adquira uma estante de canto para ter um lugar para guardar seus itens essenciais.

Alguns cestos em cima da geladeira pode ser a solução para esconder pratos e utensílios menos usados.

4. Armazenamento vertical

Na hora de aperfeiçoar um espaço é fundamental pensar tanto na vertical quanto na horizontal. Por isso, opte por sistemas de armazenamento altos e estreitos: você terá o máximo de armazenamento com a menor quantidade de espaço.

Ao colocar duas estantes idênticas em cada lado de uma porta o quarto terá uma aparência de estante embutida.

Camas embutidas podem parecer um elefante branco, mas na hora de ter um espaço mais amplo são a melhor alternativa, é mais um espaço para praticar algum exercício ou mesmo para deixar a casa mais limpa e organizada.  

5. Organize já!

Você deve investir em alguns organizadores que ajudarão a mantê-lo no caminho certo.

Os cabides traseiros oferecem bolsos que podem ser usados ​​para armazenar qualquer coisa, produtos de higiene e limpeza, biscoitos, latas, etc.

Você deve ser sincero consigo mesmo e considerar quais itens devem estar em evidência e quais precisam ser guardados (ou mesmo descartados).

Leia também: Como decorar espaços pequenos

6. Cores claras – espaços amplos

Ao escolher as cores de seu apartamento escolha um esquema de cores claras e suaves.

Cores ricas e mais escuras tendem a tornar os espaços menores aos olhos, já os tons claros possibilitam uma expansão do espaço.

Ao escolher a sua paleta, concentre-se em usar três cores: tons claros e brilhantes que decoram a maior parte do espaço.

Em uma das paredes, adicione uma cor de destaque mais escura para garantir que as coisas permaneçam visualmente interessantes.

Se ainda assim você achar que está muito sem graça, você pode escolher um dos móveis ou um grupo de móveis na mesma tonalidade de cor forte.

7. Pratique a arte do desprendimento

Os livros na estante já não tem mais tanta importância… doe.

Você tem dois caminhos para as louças que você não usa por estarem craqueladas ou trincadas – ou viram peças de arte nas paredes e nos cantinhos da casa com plantas ou descarte.

O mesmo acontece com objetos que não usamos mais. Caixas de diversos formatos você pode usar como organizadores, isso também vale para utensílios antigos que guardamos por valor emocional.

Agora desapegue de móveis, roupas e objetos que você não recorre a mais de 5 anos. Ofereça na internet – hoje em dia há sites de compra e venda de usados e você ainda poderá faturar uma graninha.  

8. Camada para adicionar profundidade

Espaços pequenos não tem muita profundidade. No entanto, você pode compensar essa profundidade facilmente por camadas em seu design.

Espelhos, caixas de sombra, tapeçarias e papeis de parede são alguns truques.

Tapetes ajudam a cobrir o chão enquanto não sobra grana para trocar o piso.

Sofás ficam um must com uma manta de tecido étnico e almofadas macias.

Em cima da cama você pode inovar dispondo o cobertor e as toalhas em rolinhos empilhados (como nos hotéis) criando um contraste de cores, texturas, padrões e estilos variados.

9. Abrace a tendência de design flutuante

Tente usar prateleiras flutuantes no lugar de uma estante – sinta a leveza do espaço.

Da mesma forma, experimente trocar o velho armário de banheiro por uma prateleira, cuba e espelheira simples.

O design flutuante é ideal para quem não tem muitas coisas e quer criar uma atmosfera clara e ampla num espaço pequeno.

Existem prateleiras flutuantes em diversos tamanhos e formas. Ouse num arranjo personalizado com suas fotos, objetos de desejo, souvenires… cada casa tem sua arte, assim, seja o artista da sua.

10. Organize seu apartamento regularmente

A acumulação de bagunça é normal depois de algum tempo morando no mesmo lugar.

 Ao morar num apartamento pequeno a desordem se torna visível porque há poucos lugares para esconder.

Programe uma arrumação geral duas vezes ao ano: o fim do ano, por exemplo, é  uma ocasião ideal para reavaliar o que deve ou não ser guardado e quais peças queremos dar destaque.

Com essas dicas simples você verá como é fácil manter um apartamento pequeno organizado e simples sem abrir mão da praticidade e do aconchego, no seu jeito.

Leia também: Tendências para moradia no futuro

Cantinhos - Apartamento pequeno

A IzyMob tem a visibilidade que seu imóvel precisa. Prático, rápido e sem burocracia.  

Avalie esse post:

Classificação 5 / 5. Votos: 5

Newsletter

Confira