Dicas

Como escolher uma casinha para seu pet?

csinha gato cachorro
Nesse post você saberá como escolher as melhores acomodações para seu pet!

As casinhas para pets são muito charmosas e confortáveis Cães e gatos adoram estar pertinho de seus donos, mas também gostam de ter um espaço todo seu!

E quem não ama compartilhar bons momentos com seu pet? Eles adoram! Mas chega um momento em que seu cão ou gato querem um pouco de descanso – tal como nós, eles precisam de um tempo e espaço só para eles.

As casinhas para pet são uma realidade: nada melhor do que deixar seu pet confortável. Seja um tapete de EVA ou uma caminha acolchoada, os pets adoram espaços próprios para descanso, aqueles cantinhos só deles.

Os cães preferem estruturas mais confortáveis, já os gatos apreciam lugares e formas diferentes.

Seja como for, o ambiente destinado ao seu pet deve ser confortável e colocado próximo aos espaços de convivência da família, para que não se sintam deslocados ou mesmo isolados de seus donos.

Neste post damos 5 opções de acomodações perfeitas para seu pet brincar e descansar aproveitando os melhores espaços da casa, confira!


Veja também: Como fazer um jardim na varanda do apartamento?

Tapetes em EVA

Tapete de EVA para pets

Perfeito para cães de diversos portes, os tapetes de EVA são higiênicos e antialérgicos. Laváveis, podem ser deslocados para áreas como jardim ou quintal, proporcionando conforto e bem-estar ao seu melhor amigo.

Caminhas forradas de tecido

caminhas forradas de tecido

Mais confortáveis, as caminhas forradas podem ser acolchoadas. Os cães de pequeno porte apreciam muito. Você deverá ter o cuidado com a limpeza ocasional da estrutura, com água e produtos de limpeza e secagem no sol.

Cama interativa para gatos

Camas interativas para gatos

Os gatos são animais muito dinâmicos e higiênicos que quase não dão trabalho aos seus donos. Geralmente os felinos preferem os espaços comuns de uso de seus donos como camas, sofás e cadeiras, mas também adoram um cantinho diferente na casa, sempre “estreando” os espaços e descobrindo lugares novos.

Os felinos adoram lugares interativos – tipo casinha com repartições. Também adoram caixas e acomodações que possibilitem se exercitarem em seus alongamentos.

Veja também: Dicas de Limpeza

Colchão para pet

colchão para pet
colchão para pet

Acredite ou não, algumas empresas de colchões encontraram clientes em potencial nos cães e gatos que adoram tirar uma gostosa soneca em um colchão de qualidade. Oferecidos em três tamanhos, são fabricados com tecido em malha de Poliéster com Viscose, bordado em matelassê, conferindo durabilidade, leveza, suavidade e maior resistência às ações do tempo.

Casinhas para pets feitas de alvenaria, plástico ou madeira

casinha de cachorro em madeira
casinha de cachorro em madeira

As tradicionais casinhas para pet, construidas em alvenaria, madeira ou de plástico são duráveis e principalmente indicadas para a parte externa da casa. Resistentes às ações do tempo, são espaços indicados para quem quer manter seu animal na área externa por mais tempo.

Muitos donos de pet constroem casinhas para pets feitas de alvenaria, com telhas romanas, o que garante um espaço interno mais fresco e higienizável.

As casinhas de madeira, por sua vez, são aconselhadas apenas para os pets que passam uma pequena parte do dia na área externa. Elas têm uma durabilidade relativa quando não recebem um tratamento na madeira e sua higienização deverá ser constante para que não haja risco de doenças para o animal.

Já as casinhas para pets feitas de plástico possuem teto com tratamento EV e, por serem de plástico de densidade maior são higienizáveis e perfeitas para cães mais calmos.

Dicas importantes para quem pensa em adotar um pet

Seja qual for o modelo escolhido, tenha em mente que ao adquirir um animal, alguns cuidados são necessários tais como:

  1. Água e comida renovada e sempre por perto;
  2. Higienização diária da estrutura de descanso do animal;
  3. Higienização regular de seu animal, especialmente os cães;
  4. Os animais mais idosos deverão ter suas atividades monitoradas;
  5. Atenção às oscilações de humor: seu bichinho pode se mostrar um pouco mais isolado, depressivo ou agressivo – e esse pode ser um sinal de que algo não está legal com ele;
  6. Procure estar em dia com as vacinas periódicas
  7. Visitas regulares ao veterinário são muito bem-vindas;
  8. Procure não deixar seu bichinho sozinho por longos períodos – vai viajar? Contrate uma pessoa para dar ao seu pet toda atenção necessária
  9. Com a mudança de algumas rotinas, o animal para de se alimentar ou de beber água – procure fazê-lo se sentir à vontade;
  10. Não se esqueça que seu pet é seu melhor amigo. Por isso, não deixe de passear e brincar com ele – eles nunca nos deixam sozinhos.

Veja também: Dicas de Jantar Romântico em Casa

A Izymob tem a visibilidade que seu imóvel precisa- prático, fácil e sem burocracias.

Avalie esse post:

Classificação 0 / 5. Votos: 0

Newsletter

Confira